"Mais do que ser primeiro, herói é quem sabe dar-se inteiro e dentro de si mesmo ir mais além."

Portugal XPD Race – Adventure Racing World Championship

Faltam menos de 2 semanas para o arranque da maior Corrida de Aventura (CA) alguma vez realizada em Portugal – o Portugal XPD Race, que será este ano finalíssima do Campeonato do Mundo da modalidade, designado por Adventure Racing World Championship (ARWC).
 
A prova começa com um Prólogo ainda desconhecido, na área do Estoril, sendo que o arranque da prova propriamente dita será na zona da Serra da Estrela/Aldeias do Xisto. Tudo se encontra ainda no segredo dos Deuses, pelo que estas indicações são apenas oficiosas.
 
As CA têm por base a disciplina de Orientação, essencialmente em carta militar, podendo depois os meios de progressão serem diversos: corrida, BTT, kayak, patins em linha, natação, surf/kayak surf, manobras de cordas e transposição de obstáculos, jogos de Team Building, etc. etc.
 
Esta finalíssima contará com a nata mundial de equipas de CA, num total de 60 equipas de nacionalidades e continentes diversos. Entre elas estarão 4 equipas portuguesas, nomeadamente a NOSSA – TEAM GREENLAND Adventure!
 
Vamos debater-nos por um lugar honroso, como é nosso apanágio, numa abordagem cautelosa mas determinada, que em anos anteriores colheu os seus frutos, sendo o maior o lugar de vencedores do Portugal XPD Race de 2004, no Alqueva!
 
Nada é garantido neste desporto, em que a estratégia joga um papel essencial na avaliação dos percursos, conhecimento da capacidade da equipa, gestão do sono, entreajuda e perfeito entrosamento… Enfim, TUDO é determinante e um simples mal-estar gástrico ou uns pés em mau estado podem ditar o veredicto final de insucesso, mesmo nas equipas mais fortes.
 
O percurso deste ano conta com um total de cerca de 900 kms, percorridos em 6 dias e 5 noites, em formato non-stop, sendo responsabilidade e escolha total das equipas como, quando e onde dormir (ou SE dormem!), bem como o que comer, quando e onde. A prova desenrola-se m regime de semi-autonomia, existindo zonas de transição (troca de equipamentos para outras modalidades) e áreas de assistência (em que a equipa tem acesso a todo o seu material e comida).
 
É um desafio muitíssimo sério e sobejamente assutador para muita gente. Mas não é para superhomens nem supermulheres! É exequível para quem treina, tem determinação e um espírito de sacrifício e de equipa para além de tudo o que é normal!
 
É assim PERFEITO para a nossa equipa! Cuidem-se, pois o Team Greenland vai arrasar!😉
 

One response

  1. Elo

    I\’m Looking forward to see you!!🙂

    30/10/2009 às 7:59

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s