"Mais do que ser primeiro, herói é quem sabe dar-se inteiro e dentro de si mesmo ir mais além."

TransJordanian 2009

De volta… a um país chamado Portugal.
 
Mas ainda me sinto a voar… e a pedalar nos grandes espaços do deserto jordano… Ainda sinto as gotas de suor a cair em bica e as moscas insistentemente a pousar no meu rosto encharcado e a queimar… Parece um sonho e ainda não acordei dele…
 
Eu própria, que estive em coordenadas distantes no Médio Oriente, ainda me surpreendo quando vejo e revejo as fotos, quando revivo os momentos que estão todos intactos na minha memória, quando "ouço vozes" na minha cabeça dos diálogos que tive com as gentes da Jordânia, tão amáveis como enigmáticos, especialmente os beduínos… No entanto, estas 2 personagens que tive o privilégio de conhecer de tão perto como poucos jordanos conseguem, revelaram-se muito mais do que enigmáticos… Revelaram-se GRANDES seres humanos, GRANDES sábios, embora 20 anos separassem os 2 (assim me pareceu), e GRANDES amigos… Há uma "cave" em Petra à minha espera para quando eu quiser, não precisarei nunca mais de ir para 1 hotel. Este é o melhor hotel que se poderia ter, pois as paredes são feitas de hospitalidade, a welcome desk é constituída de sinceridade, a energia é "positiva" e "electrizante". E os momentos passados com eles são, não uma vírgula no tempo, mas UM PARÁGRAFO INTEIRO!

Isto é com certeza a ressaca do "tchai" with so much sugar oferecido em todo o lado ("no woman no cry; no sugar no tchai"!!!!!!); é certamente um efeito colateral "nocivo" dos copos de chá partilhados com outro beduíno na longa descida desde o Monastery até ao sopé de Petra; é sem dúvida um efeito secundário da qualidade do ar respirado e contaminado de moscas que tentava afugentar na ascensão daqueles cumes montanhosos que nunca mais tinham fim…

Isto não é um relato, na verdade ainda não consegui fazê-lo… Estou apenas a pensar alto e a partilhá-lo, pois o difícil será passar a escrito algo parecido com uma reportagem quando a minha cabeça e coração estão cheios não de palavras, mas de sentimentos e emoções…

Se quiserem ter a paciência de esperar, tentarei mas ficarei muito aquém, de conseguir escrever o que me vai na alma, na memória, no coração…

I’ll be back…

One response

  1. sandra

    Ó Angel, muitos parabéns!! És a maior😉 Quando nos mostras as tuas fotos ? Beijinhos e continua assim.. Sandra "lagarto"

    14/09/2009 às 20:24

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s