"Mais do que ser primeiro, herói é quem sabe dar-se inteiro e dentro de si mesmo ir mais além."

Raid Tróia-Odemira-Albufeira FEV08

 
Já foram carregadas as fotos da aventura deste fim de semana: o Raid Tróia-Odemira-Albufeira, que teve lugar a 15 e 16 de Fevereiro, por caminhos basicamente fora de estrada e em autonomia.
 
Os participantes (um grupo de 6 amigos, sendo 2 raparigas), de alforges ou "bob trails" (espécie de atrelado para bicicletas), tiveram uma prestação exemplar! Foram eles: Jorge "Maria Bolacha", SS (Sérgio Saldanha), Remi (Paulo), Lena, Ricardo Mendes e Filomena Gomes.
 
O 1º dia, numa extensão de 135 kms, ligou Tróia a Odemira, tendo os inigualáveis Bombeiros Voluntários de Odemira acolhido no seu quartel o grupo de betetistas, com uma hospitalidade fora de série. O dia pautou-se por um tempo esplêndido, embora às 7h da manhã após o desembarque em Tróia estivesse muito frio. Mas o nascer do sol veio revelar um dia fantástico para pedalar na companhia de amigos amantes do pedal e de uns bons dedos de conversa durante os muitos kms de caminho, entre sobreiros e oliveiras, algumas dunas como paisagem no início (ou não estivessemos nós na penísnsula de Tróia) e algumas subidas desafiantes a lembrar que o Alentejo não é propriamente plano!
 
O 2º dia constou de 106,7 kms, retomando Odemira e levando-nos até Albufeira, onde tínhamos encontro marcado com os participantes do 7º PIP (Passeio Informal do Projecto), do Projecto BTT, que organizaram um nocturno, além do passeio propriamente dito marcado para o dia seguinte. Este 2º dia foi marcado por inúmeras travessias de cursos de água, inclusive o rio Arade, e felizmente para nós os mesmos apresentavam pouco caudal. MAs ainda deu para molhar bem os pés e para tirar umas boas fotos! O tempo também mudou, e embora não tivessemos apanhado chuva, foi um dia marcado por vento bem forte que se tornava frio em certas alturas. O céu escuro ameaçava chuva para a noite…
 
E assim foi. Após o jantar confeccionado "a bordo" e a noite bem dormida no Aparthotel da Galé, embora o vento tivesse assobiado a noite inteira, acordámos sob um autêntico temporal! Ponderámos durante um bom bocado a viabilidade (vontade melhor dizendo, ou falta dela!) de irmos pedalar com os participantes do PIP, que era afinal o que nos tinha levado até Albufeira… Acabámos por decidir alinhar, e lá fomos de bicicleta para o ponto de encontro, que distava cerca de 10 kms do local onde nos encontrávamos.
 
O PIP foi bonito, acessível, embora muito dificultado pela chuva abundante e a lama que entretanto se formara. E nós com mais de 200 kms nas pernas, e alguns de alforges ainda montados (o pessoal metia-se connosco e perguntava se íamos acampar!), acusámos o cansaço. Mas a determinação e a boa disposição reinavam, e ainda mais animados com a perspectiva do almoço que tinha sido planeado pela organização, e que se revelou um mimo! O PIP, somado aos kms das nossas deslocações para cá e para lá (não tínhamos viatura), ainda perfez 44 kms!
 
O regresso a Setúbal foi de comboio regional, com bikes e bagagem, tendo sido uma viagem descansada e descontraída, que deu para dormitar um pouco e conversar muito sobre futuras loucuras deste tipo! Vivam os meios de transporte alternativos! LEAVE THE CAR AT HOME!
 
Tudo somado, o balanço é altamente positivo! Quem corre por gosto… Não há chuva, vento, sol ou mau tempo que nos atinjam! Apenas o gosto pelas grandes travessias e o companheirismo que nos une contam!
 
Alguns dados técnicos pessoais desta mini-travessia:
 
1º Dia: Tróia – Odemira (135 kms)
Pulsação média: 127; Pulsação máxima: 174
Velocidade média: 16,9km/h; velocidade máxima: 55,2km/h
Temperatura mínima: 7º; Temp. média: 17º; Temp. máxima: 26º
Acumulado de subidas: 1505 mts
Calorias gastas: 4575 Kcal
 
2º Dia: Odemira – Albufeira (106,7 kms)
Pulsação média: 118; Pulsação máxima: 161
Velocidade média: 15,9km/h; velocidade máxima: 52,4km/h
Temperatura mínima: 12º; Temp. média: 18º; Temp. máxima: 27º
Acumulado de subidas: 1625 mts
Calorias gastas: 3528 Kcal
 
Um grande BEM HAJAM aos companheiros de viagem, pela amizade e bom humor. É isto que é ANDAR DE BICICLETA!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s