"Mais do que ser primeiro, herói é quem sabe dar-se inteiro e dentro de si mesmo ir mais além."

Aldeia de Eiras em Bicicleta – Rescaldo

Pois é, este Sábado – 26/08 – o grupo de ciclistas (desta vez era mesmo um Trio) REPETIU a aventura, em sentido contrário, de ligar Aldeia de Eiras a Lisboa!!!

Chegámos a Aldeia de Eiras de carro no Sábado de manhã e saímos a pedalar quase às 10h00, um bocado mais tarde do que tínhamos pensado. O percurso foi o mesmo da semana anterior, com a diferença de que agora aquela penosa subida da barragem da Ortiga era a descer… e como se descia bem!

Tudo estava a correr bem, até que no Pego aconteceu um percalço: o aro da roda traseira do Artur partiu! Disseram-nos ali que havia uma loja de bicicletas em Abrantes e não tivemos outra escolha senão ir até lá antes da loja fechar (era mais ou menos meio-dia) devagarinho e com o pneu traseiro um pouco mais vazio para este não sair fora da jante. O pior é que isso implicava ter de subir até ao centro de Abrantes, pois a loja era mesmo lá no alto! Resolveu-se a avaria com a compra de uma roda nova (lá se foram mais umas massas…)

À parte este episódio, a viagem desta vez foi bem mais difícil: estava muito mais calor e o sol esteve sempre de frente; o vento também esteve forte e soprava contra nós. A tal ponto que a Recta do Cabo antes de V. F. Xira parecia que nunca mais acabava, tal era a força que tínhamos de aplicar nos pedais para conseguirmos continuar a progredir com alguma velocidade. A grande desvantagem é que não tínhamos aquela motivação especial de chegar à Aldeia e irmos dar uns mergulhos no tanque para descomprimir!

Resumindo, o percurso Lisboa-Aldeia é mais giro, temos outro alento, que não o de chegar a Lisboa. Afinal, de Lisboa estamos nós todos fartos! Queremos é natureza, ar puro e beleza natural.

Até à próxima aventura! (As fotos serão carregadas mais logo…)

One response

  1. Luis Ramos

    Pois é, só hoje tive oprtunidade de ver a Expedição aos Pirinéus. Pelo que conheço da Zona, as fotos estão espectaculares.
    Para a próxima, leva-me contigo.
    É mesmo de fazer inveja.
    Luis Ramos

    15/12/2006 às 22:59

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s